All posts in espinha bífida

Ácido Fólico: porque ingerir antes e durante a gestação

Ácido Fólico: porque ingerir antes e durante a gestação
O que mais se ouve das pessoas quando alguém comunica que está grávida é: “que venha com saúde”, “que seja saudável”. Partindo destes desejos, e querendo que estes se tornem verdades para o futuro ser que virá ao mundo, resolvemos esclarecer que esse anseio, além da fé que respeitamos e entendemos fazer parte da vida das pessoas, é preciso a futura mãe tomar algumas precauções para que seu bebê não venha com sequelas.   
 
É preciso se tornar conhecimento das gestantes que toda a formação física (do corpo, das células) provem do que a mãe consume. Por tanto o consumo de várias substâncias (álcool, cocaína etc.), como também a carência de algumas (Proteínas, vitaminas etc.) implicará, quase sempre, em alguns defeitos de formação.
 
No caso da vitamina B9, ou ácido fólico, que o sistema de saúde, através das unidades básicas de saúde de todo o país, passou a inserir na consulta pré-natal, tem importante papel na prevenção de má formação fetal.
 
Estudos comprovam a relação que a espinha Bífida (defeito na formação do tubo neural durante o período das semanas iniciais da gestação) tem como maior responsável a deficiência do ácido fólico materno.
 
“A carência de ácido fólico no organismo materno é o maior responsável pelo não desenvolvimento do Tubo Neural, uma vez que o ácido fólico é um composto importante para a formação e metabolização o DNA”, afirmam os estudos recentes.
 
Estas pesquisam indicam que a ingestão de ácido fólico nas semanas que antecedem a concepção e nas primeiras semanas da gestação reduz de modo significativo a incidência de espinha bífida na população em geral. Isso também implica em dizer que outras razões ainda desconhecidas também influenciam no surgimento desta má formação.
 
Neste sentido, nas consultas de planejamento familiar já se pode inserir um ácido fólico suplementar visando este benefício da prevenção da espinha bífida na criança que está sendo planejada.
 
Alguns países já adotaram programas preventivos de ingestão do ácido fólico pelas futuras gestantes. O ácido fólico é encontrado no espinafre, aspargo, brócolis, vegetais de folhas verde-escuras, fígado, frutas cítricas e gema de ovo. Ele pode ser usado em forma de comprimido com uma boa orientação do profissional da saúde. 
 
Se a mulher está em planos de engravidar, além de parar de tomar a pílula, caso esse seja o método que ela use, deve começar a usar 400mg diários de ácido fólico suplementar. Alguns indicam começar a usar uns 3 meses antes, porém a maioria indica o uso apenas um mês antes que já será suficiente. Continuar a ingerir a quantidade indicada pela equipe que lhe atende pelo menos até o terceiro mês de gestação, quando termina o periodo mais crucial da formação dos órgãos e tecidos do bebê.
 
Se você pensa em ficar grávida ou sabe de alguma amiga que está nestes planos, compartilhe esta informação, procure o posto de saúde e comece já a planejar a saúde de seu filho.
 
 
More