All posts in saúde do idoso

Insuficiência Renal: ajude a diminuir nos idosos com atitudes simples

Insuficiência Renal: ajude a diminuir nos idosos com atitudes simples
Os Rins são órgãos de nosso corpo que tem como uma das funções a filtração do sangue, ou seja, são responsáveis pela eliminação de toxinas e substancias que estão em excesso em nosso corpo. A Insuficiência Renal (diminuição ou perda da capacidade dos Rins realizarem suas funções) é uma situação grave, bastante frequente e que ocorre por diversos fatores, sendo os mais frequentes:
– Diabetes
– Hipertensão
O estilo de vida sedentário, com alimentações rápidas e cheias de sódio e açucares, o tabagismo estão contribuindo para o grande número de problemas renais da atualidade. Segundo pesquisas de 2002 à 2012 o número de pessoas que passaram a fazer hemodiálise (filtragem do sangue através de uma máquina) mais do que dobrou.
Os rins são órgãos que muitas vezes sofrem em silêncio, não apresentando sintomas quando passam por algum problema ou situação agressiva à eles. Habitualmente não há dor nem alterações do padrão urinário de volume ou coloração, o que leva muitas vezes às pessoas acharem que seus rins estão muito bem.
Esse número de casos renais graves também se elevou na população idosa, muito por serem pessoas com processos de debilidades crônicas como a Diabetes e a Hipertensão. Porém, o que nos chama atenção são casos de pessoas que não têm esses agravos de pressão ou metabólicos surgirem com insuficiência renal, as vezes já em estado avançado.
Os Rins são órgãos que sofrem tanto com a pressão elevada como com a baixa pressão nas suas estruturas. Neste sentido é fácil entender porque muitos idosos vem passando por este problemas sem que haja os fatores da Hipertensão ou diabetes.
O fato é que, com o avançar da idade, a sensibilidade à sede das pessoas vai diminuindo. Quanto mais velhas as pessoas vão ficando menor será esta sensibilidade, passando os rins destes idosos por uma grave diminuição na sua pressão interna e, consequentemente, falhas deste órgão.
Somando isso aos fatores de abandono que sofrem os idosos, à pouca procura por água e ao descaso dos parentes cuidadores com a alimentação, a probabilidade de que muitos idosos passem à situação de renal crônico é uma grande realidade.
Visando diminuir esta possibilidade e gerar uma melhor qualidade de vida à esta parcela da sociedade, descrevemos algumas atitudes que devem fazer parte da rotina dos familiares que convivem com idosos:
– procure o serviço de saúde para realização do exame de creatinina e de urina (estes exames devem fazer rotina de hipertensos, Diabéticos e Idosos), pois detectam os primeiros sinais de agressão renal.
– Alimentação rica em frutas e leguminosas (ricas em água e vitaminas)
– Separar 2 litros de água para aquele idoso (esta atitude servirá para lembrar a quantidade de água ingerida durante o dia e monitorar a ingesta de líquidos).
– Oferecer água com frequência ao idoso, convencendo ele a tomar mesmo sem ter sede.
Se você tem parentes idosos em casa ou conhece alguém que desconhece essa informação, compartilhe e marque estas pessoas para que estas atitudes possam melhorar a qualidade de vida destes idosos.
 
More