Varizes: Saiba mais para poder evitar

Varizes: Saiba mais para poder evitar
Você já deve ter sentido na pele ou visto alguma mulher reclamar do aparecimento de veias finas que surgem, muito claramente em pessoas brancas, e bastante frequente nos membros inferiores, gerando incomodo físico e emocional. Mais conhecido como varizes, este é um quadro que não só é preocupante pela parte estética, como principalmente pelo lado da qualidade de vida que a pessoa acometida deve ter.
Varizes são veias dilatadas que geralmente ocorrem na parte mais superficial da pele. A causa mais comum de varizes é a influência genética, uma vez que existe forte predisposição familiar. Pode-se herdar veias mais frágeis que ao passar a idade, associando à fatores de risco, predispõem ao aparecimento das varizes.
 
Elas se caracterizam por mudanças na forma, comprimento e calibre das veias. Elas se tornam dilatadas e tortuosas e perdem sua função de conduzir com eficiência o sangue no sentido de retorno ao coração” relatam os especialistas.
 
Em sua maioria são pessoas que não referem sintomas iniciais, apenas um desconforte estético, mas que com o passar do tempo podem apresentar fadiga, um desconforto doloroso, inchaços na região do tornozelo, câimbras e inquietação nas pernas.
 
Algumas vezes esses pequenos vasos podem denotar um problema mais sério (Veias profundas danificadas, coágulos sanguíneos, fístulas venosas), Porém a sua maior incidência está associada, além do fator genético, à vários fatores do cotidiano das pessoas:
 
Hereditariedade: fatores genéticos familiares te levam a ter maior ou menor predisposição ao surgimento das varizes. observe se em sua família é um problema frequente e fique atento para diminuir as chances de desenvolver em você. 
 
Gestação: A compressão venosa ilíaca que ocorre devido ao crescimento uterino, principalmente nos últimos meses da gravidez possibilita e facilita essas novas formações venosas. Por isso as atividades de elevação de membros inferiores, massagens e uso de meias próprias melhoram neste quesito. 
 
Sexo Feminino: fatores hormonais, a grande variação de peso e terapia de reposição hormonal é o que alguns pesquisadores acreditam fazer com que as mulheres sejam 4 vezes mais afetadas que os homens.
 
Obesidade: a elevação do peso contribui no sentido de dificultar o fluxo de retorno venoso, devido aumento da pressão abdominal sobre as veias  e com isso facilita o surgimento das varizes. 
 
Sedentarismo: As atividades físicas melhoram a circulação sanguínea e acelera o fluxo de retorno venoso e diminui a congestão sanguínea nas pernas. Manter seu corpo sem atividades eleva sua pressão e consequentemente facilitará o surgimento das varizes. Mantenha uma atividade física regular e muitos especialistas já defendem a tese de que a musculação não facilita o surgimento deste problema.
 
Tabagismo: As toxinas do cigarro agridem e deixam as veias mais frágeis. Gerando elevação na pressão sanguínea também contribui para o surgimento das varizes.
 
Ficar em pé por tempo prolongado: mulheres que trabalham em atividades que as mantêm de pé por muito tempo devem buscar movimentar-se para diminuir a congestão venosa, tendo em vista que o movimento ajuda no retorno do sangue ao coração.
 
Idade: quanto mais velho vai ficando nosso corpo maior é o processo fisiológico de defesa contra as isquemias (diminuição sanguínea para alguma área do corpo) em órgãos importantes. A Angiogênese que é muito importante na revascularização em órgãos como o coração também acontece, ainda não se sabe exatamente como, nas partes periféricas de nosso corpo.
 
Temperatura: As veias se dilatam em temperaturas mais elevadas, por isso países mais frios a incidência de varizes é menor. por isso se você tem predisposição familiar deve evitar frequentar saunas e muito tempo de exposição ao sol.
 
Além destes cuidados, buscar uma dieta rica em frutas e legumes vai ajudar bastante no sentido de fortalecer as veias. Uma das frutas conhecidas por nós que melhora para quem já é acometido por varizes é o abacaxi. Nele existe uma proteína chamada Bromelaína que atua quebrando a fibrina. A pessoa acometida com varizes têm maior dificuldade de quebrar a fibrina, que, por sua vez, vai se acumulando nos tecidos próximos à varizes, deixando a pele mais endurecida naquela localidade.
Temos 5 dicas que pode melhorar no cuidado preventivo como também no tratamento das varizes:
  • Exercício físico
  • Emagrecimento
  • Evitar o uso de roupas apertadas
  • Elevar as pernas sempre que possível
  • Evitar longos períodos em pé ou sentado.
Além desta dicas, se você sofre com esse problema ou tem predisposição genética à desenvolver, será muito importante procurar o serviço especializado para poder realizar melhores cuidados. 
 
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *