Diabetes e seus vilões!

Diabetes e seus vilões!

Diabetes é um problema de saúde muito frequente e grave no mundo inteiro, tem sido responsável pela morte de milhares de pessoas todos os anos e mesmo que se invista bastante em formas de tratamentos, medicamentos e algo mais, não tem sido possível reduzir, em muito, os casos desta patologia.

Isso se deve ao fato de que a Diabetes é uma doença metabólica (que envolve a forma como os alimentos são utilizados pelo nosso corpo) e que, portanto, este controle está mais no nível da educação alimentar.

Neste sentido, como vivemos em um mundo acelerado, onde as coisas passam com rapidez, não seria diferente a nossa alimentação. Os Fast Food (comida rápida) tomaram de conta de nossas refeições e têm sido recheadas de tipos alimentares que tendem a elevar o nível de glicose no sangue.

Sabemos que os tipos de Diabetes mais comuns são o tipo 1 e o tipo 2. No primeiro as células Beta do Pâncreas produzem de forma insuficiente ou não produzem um hormônio chamado de Insulina, responsável por facilitar a passagem da glicose da corrente sanguínea ao meio interno celular. Já a segunda, mesmo com a produção normal da Insulina, a alimentação muito rica em glicose vai fazendo com que todas as células de nosso corpo vá impondo uma resistência à esse hormônio, elevando assim a glicemia (glicose no sangue).

É justamente o tipo 2, onde os altos níveis de glicose tem diminuído a ação da insulina, que tem aumentado nas últimas décadas. Para colaborar com essa elevação trazemos os principais vilões alimentares que têm ajudado nesta história:

Açúcar: o uso abusivo de açúcares em diversos alimentos (sobremesas, sucos, cafés)

Refrigerantes: as grandes dosagens de açúcares simples nos refrigerantes gera bombas de glicose para gerar maior resistência insulínica celular e diabetes tipo 2. Os refrigerantes Diet são adoçados com uma substância chamada de aspartame, responsável uma série de outros problemas de saúde.

–  Sucos artificias: caso estas substancias não contenham mais de 50% da poupa são chamadas de necta. Esses “sucos” são muito enriquecidos com açúcares, conservantes, corantes e ainda por cima não tem todas as vitaminas que a fruta natural.

Outros tipos de Carboidratos simples: Farinha branca e seus derivados (macarrão branco, pão e arroz) muito frequente em nossas refeições. O uso em excesso gera grandes descargas de glicose no sangue

Sorvetes: Assim como os refrigerantes também existe uma grande descarga de açúcares simples no sangue.

Além destes alimentos, existe outro fator muito importante que contribui para gerar a diabetes tipo 2: grandes refeições, com bastante volume alimentar, ao invés de alimentações fracionadas leva à hiperglicemia e estimula as células à resistência insulínica. Por isso, além de diminuir drasticamente ou abolir aqueles alimentos citados da sua dieta, fracione suas refeições.

Sabemos que existe o fator genético sobre o surgimento do Diabetes tipo 2 também, no entanto o abuso durante as refeições por parte de certos tipos alimentares pode acelerar o processo de resistência à insulina e te transformar em mais um portador desta doença.

Busque o serviço de saúde e faça seu acompanhamento sobre a glicemia. Viva melhor através de atitudes saudáveis e verás que, moderadamente poderá desfrutar das várias delícias que a gastronomia nos possibilita sem pôr em risco a sua vida.